Imigração Japonesa no Brasil | Mikami

2015 é um ano importante para os descendentes de japoneses no Brasil. Comemoramos os 107 anos da chegada do navio Kasato Maru trazendo os primeiros imigrantes e 120 anos do tratado de amizade Japão-Brasil.

História da Imigração

A imigração japonesa no Brasil tem como marco inicial a chegada do navio Kasato Maru, em Santos, no dia 18 de junho de 1908. Do porto de Kobe a embarcação trouxe, numa viagem de 52 dias, os 781 primeiros imigrantes vinculados ao acordo imigratório estabelecido entre Brasil e Japão.

Recém chegados a um país de idioma, costumes, clima e tradição completamente diferentes, os imigrantes pioneiros trouxeram consigo esperança e sonhos de prosperidade.  

A integração consolidada:

Em 1988, no 80º aniversário da imigração, estimava o número de nikkeis no País em 1.228.000 pessoas. Nesse final de década, a comunidade nipo-brasileira e o próprio país já começaram a sentir os efeitos de um novo e curioso fenômeno que se alastrava rapidamente entre as famílias nikkeis: os dekasseguis. 

A ida de milhares de japoneses e descendentes do Brasil para o Japão começou em 1988, atingindo seu auge no início da década de 90. Seguindo o caminho inverso dos imigrantes do Kasato Maru, mas com objetivos semelhantes, os dekasseguis marcaram este período como um dos mais importantes da história da imigração japonesa. 

Decorrido todo este tempo desde sua chegada ao Brasil, o Kasato Maru permanece como marco da imigração japonesa no Brasil. 

120 anos de amizade Brasil e Japão

Agora, em 2015 serão completados 120 anos desde a assinatura oficial das relações diplomáticas entre o Japão e o Brasil (os 120 Anos de Amizade Japão-Brasil). No contexto histórico da época, havia na assinatura uma expectativa brasileira por imigrantes japoneses, visto que o país sofria por falta de mão de obra rural e admitia imigrantes de diversos países. Os imigrantes japoneses no Brasil cresceram em número antes e depois da Segunda Guerra Mundial e hoje formam a maior sociedade nikkei do mundo, estimada em 1,6 milhões de pessoas.

Além disso, o Japão e o Brasil têm colaborado economicamente em diversos setores como no agrícola e no de implantação de infraestrutura. Tais empreendimentos contribuíram para a economia brasileira em seu crescimento acelerado das décadas de 1960 a 1970, assim como para os interesses nacionais japoneses. A tradicional relação de amizade que perdura há longo tempo entre o Japão e o Brasil é sustentado pelo intercâmbio entre os dois povos e os laços que os unem.

Os brasileiros são apaixonados pelo Japão, e o carinho e a admiração dos japoneses pelo Brasil são recíprocos. O cenário atual de grandes eventos mundiais, protagonizados pelos dois países, como a Copa do Mundo em 2014, os 120 anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão em 2015, as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016 e as Olimpíadas de Tóquio em 2020, estabelecem um novo patamar para as relações entre Brasil-Japão, com uma visão de parceria, comprometimento e respeito mútuo.

 

 

Adaptado de www.br.emb-japan.go.jp e www.centenario2008.org.br

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

clear formSubmit